Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Programa Novos Caminhos

 

 

 

O Instituto Federal do Amapá (Ifap) acaba de publicar, em seu site institucional, o resultado final com o nome dos candidatos selecionados para os cursos do Programa Novos Caminhos. O início das aulas será dia 30/6.  A coordenação do Programa no Ifap informa aos selecionados que, em função da dificuldade para conseguir alguns documentos necessários para o complemento das inscrições em função da pandemia da Covid-19, a entrega dos mesmos terá prazo flexibilizado, não sendo necessária mais a entrega antes do início dos cursos.

 As aulas de todos os cursos dessa primeira etapa serão realizados por meio da Educação a Distância (EaD), através do ambiente de aprendizagem Moodle do Ifap. Ao todo, são 2080, vagas distribuídas entre Laranjal do Jari, Macapá, Oiapoque, Pedra Branca do Amapari, Porto Grande, Santana e polo Mazagão em sete cursos: Operador de Computador, Assistente Administrativo, Agente de Logística Reversa, Agente de Resíduos Sólidos, Montador de Painéis Elétricos, Cadista para Construção Civil e Agente Cultural.

Você que foi selecionado em um dos cursos do programa e já está ansioso para iniciar seus estudos, assista ao vídeo que produzimos mostrando o passo a passo, para acessar o Ambiente Virtual de Aprendizagem do Ifap.

Sobre o Programa Novos Caminhos:

O Programa é uma ação do MEC que consiste em um conjunto de ações para o fortalecimento da política de Educação Profissional e Tecnológica, focando em três eixos: Gestão e Resultados; Articulação e Fortalecimento; e Inovação e Empreendedorismo.

As aulas serão realizadas na modalidade de Educação a Distância (EAD), 100% on-line pelo ambiente Moodle do Ifap. Os cursos terão como sede administrativa e pedagógica as unidades de Laranjal do Jari, Macapá, Oiapoque, Pedra Branca do Amapari, Porto Grande, Santana e polo Mazagão. Portanto , qualquer cidadão brasileiro, de qualquer região, pode se inscrever não havendo a necessidade do aluno residir nos municípios das unidades citadas. 

O objetivo é que, com tais focos de estratégia, desenvolvam-se ações a fim de:

  • Alinhar a oferta de cursos às demandas do setor produtivo
  • Apoiar a implementação do itinerário da Formação Técnica e Profissional no Ensino Médio
  • Alavancar o reconhecimento social e econômico da formação técnica e profissional
  • Integrar dados e estatísticas para subsidiar planejamento e gestão da Educação Profissional e Tecnológica

As iniciativas vão desde melhorias na regulação da oferta de cursos técnicos, formação de professores bem como a ampliação da oferta de cursos profissionais e técnicos.

Para saber mais sobre o Programa Novos Caminhos e conhecer as oportunidades em todo o país, acesse o site.

 

 
 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página