Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Estudantes podem concorrer a 1.595 auxílios de inclusão digital em 2021

Publicado: Quinta, 31 de Dezembro de 2020, 10h29

Imagem com o texto Reabertura de Edital de Seleção Concessão de Auxílio Inclusão Digital

 

Processo de seleção será de 8 a 20 de janeiro e critérios para participação são ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio e se encontrar em situação de vulnerabilidade socioeconômica em decorrência da pandemia de Covid-19

 

Estudantes matriculados nos cursos técnicos de nível médio (integrado, subsequente) e nos Cursos de graduação, na modalidade presencial, nos campi Laranjal do Jari, Macapá, Porto Grande, Santana, do Instituto Federal do Amapá (Ifap) podem concorrer a 1.595 auxílios de inclusão digital a serem pagos no ano letivo de 2021. Os critérios para participação são ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio e se encontrar em situação de vulnerabilidade socioeconômica em decorrência da pandemia de Covid-19, com falta ou dificuldade de acesso digital às atividades de ensino não presenciais. As inscrições no processo de seleção ocorrerão com o preenchimento do formulário eletrônico, no período de 8 a 20 de janeiro de 2021. Clique aqui para abrir o formulário. Leia o edital.
 
De acordo com o Edital 10/2020/Proen/Ifap, reaberto pela Pró-Reitoria de Ensino (Proen), a finalidade do Auxílio Inclusão Digital é proporcionar ao estudante condições de acesso à internet, para manutenção da vinculação escolar e acadêmica, das atividades do ensino remoto emergencial, em função da excepcionalidade da pandemia do novo coronavírus.
 
O valor do auxílio é de R$ 110 mensais para os estudantes contemplados. Serão pagas, aos estudantes selecionados dez) parcelas, mensalmente, no valor do auxílio, considerando o mês de março de 2021 como início para pagamento. Serão considerados apenas contratos firmados em data posterior a fevereiro de 2021, uma vez que não é possível que a instituição venha a arcar com despesas de internet que já existiam anteriormente, as quais já eram custeadas pelo estudante antes do evento que provocou a concessão do Auxílio Inclusão Digital.
 
Caso o estudante contemplado com o Auxílio Inclusão Digital opte por permanecer com o serviço de internet, ou contrate plano com cláusula de fidelidade que ultrapasse dez meses, declarará estar ciente de que a instituição se comprometerá com o pagamento do auxílio apenas pelo prazo estabelecido neste Edital, e que a decisão de manter o serviço e a obrigação de pagá-lo para além deste prazo é exclusiva do estudante e de seu responsável.
 
O pagamento do Auxílio Inclusão Digital ocorrerá através de depósito bancário em conta pessoal do aluno, por meio de cópia atualizada do extrato bancário. Será aceita somente conta corrente no CPF e nome do aluno beneficiário, válida em situação ativa, podendo ser em qualquer instituição bancária. Não será aceita conta de terceiros ou conta conjunta.
 
O valor do auxílio deverá ser utilizado, exclusivamente, para aquisição e manutenção de pacotes de dados de internet ou contratação de prestador de serviço de internet, à escolha do estudante. Caberá unicamente ao estudante contemplado com o Auxílio Inclusão Digital a comprovação de que os valores concedidos foram utilizados para aquisição de serviços de internet. O auxílio poderá ser acumulado com outras modalidades de auxílios, bolsas ou programas de ensino, pesquisa e extensão da instituição. Caso o estudante opte pela aquisição ou manutenção de pacote de dados móveis pessoal de internet, poderá ser contemplado mais de um membro da mesma família, desde que cumpridos os critérios para o recebimento.
 
 
 
Por Suely Leitão, jornalista da Reitoria
 
Departamento de Comunicaçao - Dicom
Instituto Federal do Amapá (Ifap)
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Twitter: @ifap_oficial
Facebook:/institutofederaldoamapa

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página